OZIEL AMPLIA PARTICIPAÇÃO DA PREFEITURA EM CONVÊNIO COM A ASSOCIAÇÃO DOS CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS DE LUÍS EDUARDO


O Prefeito Oziel visitou na última quinta-feira (9), a Usina de Compostagem do município, que consiste na técnica que transforma o lixo orgânico em adubo, ação fundamental para a preservação do meio ambiente, que deveria estar convertendo de lixo orgânico em matéria utilizável na agricultura.

Inaugurada na gestão passada, a usina nunca cumpriu sua finalidade em razão de não possuir condições mínimas para realização da atividade, servindo tão somente para o descarte e acúmulo de resíduos orgânicos a céu aberto, sem escoamento, atraindo, por conseguinte, insetos, ratos e outros animais, transmissores de doenças. O que deveria ser uma política pública de proteção ao meio ambiente, tornou-se um novo problema ambiental.

Na ocasião, Oziel aproveitou também para visitar o galpão onde funciona a reciclagem do município. Os dois projetos são vinculados à Associação de Catadores de Materiais Recicláveis, que desempenha um importante trabalho para a comunidade e o meio ambiente, pois por meio de sua atividade laboral, transforma algo considerado inútil em mercadorias com potencial de comercialização.

Danúbia, Presidente da Associação, disse que essa foi a primeira vez que recebeu a visita do Chefe do Poder Executivo nos projetos.

“Estou muito feliz e agradecida por receber o Prefeito Oziel em nossa Associação. Eu nunca tinha visto um prefeito aqui! Isso quer dizer que ele tem interesse em conhecer de perto os nossos problemas e melhorar a vida de muitas famílias que tiram o seu sustento daqui.” Comentou.

O prefeito procedeu com a entrega de 21 cestas básicas aos associados, mecanismo que representa um complemento de renda, e assumiu o compromisso de renovar o convênio celebrado entre a Prefeitura e a Associação, em parceria com as Secretarias de Assistência Social e Meio Ambiente.

“Há muito que fazer no município. Estamos governando para todos, priorizando neste primeiro momento aqueles que mais precisam. O convênio com a Associação de Catadores será renovado e aprimorado. Vamos fazer todas as adequações necessárias para que a Usina de Compostagem atinja a sua finalidade, que é produzir adubo orgânico líquido e sólido para comercialização; vamos restaurar os carrinhos de coleta que se encontram danificados; implantaremos um refeitório para que os associados tenham um local confortável para fazer suas refeições e serão criadas baias para a separação e identificação correta dos resíduos recicláveis.”

Fábio da Rocha Cardoso, Diretor de Programas Governamentais da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social, ressaltou a necessidade de recadastrar os associados, atualizando sua situação na SMTAS.

“O recadastramento é importante porque nos permite atualizar os dados dos associados para que eles tenham acesso aos benefícios dos programas federais, inclusive o Bolsa Família e o Minha Casa Minha Vida. Faremos também uma triagem daqueles que possuem idade para se aposentar e que por falta de conhecimento ou outras questões, ainda não recebem a aposentadoria.”

Um exemplo que ilustra a relevância do recadastramento é o caso da Dona Narlita Maria dos Santos, associada que teve a casa demolida há mais de quatro anos pela prefeitura e permanece aguardando o recebimento da nova casa, que deveria ter sido “entregue” em substituição à anterior.

“Vi minha casa sendo destruída e não pude fazer nada. Mandaram eu me inscrever no Programa Minha Casa Minha Vida pra ganhar outra e até agora essa casa não veio. Vivo de aluguel com meus 6 (seis) filhos e o que eu ganho como catadora só paga o aluguel. Pra completar, meu marido foi embora. Preciso de ajuda dos outros pra manter a minha família.” Desabafou Dona Narlita, sem conseguir conter as lágrimas.

O projeto além de trabalhar questões relacionadas ao meio ambiente fomenta a reinserção social, conforme pontua Izabel de Paula, Secretária de Meio Ambiente e Economia Solidária:
“A Associação de Catadores de Materiais Recicláveis traz resultados significativos para o meio ambiente com a valorização dos materiais descartados; a minimização de resíduos nos aterros; o controle da poluição; a construção do conceito de educação ambiental. Além disso, promove geração de renda e a reinserção na sociedade, com a retomada da dignidade perdida e o sentimento de pertencimento social.”
Rede Sociais:

TV BARREIRAS 24 HORAS FORRO

PLAVEL PLACAS

Resultado de imagem para fotos da PLAVEL PLACAS em barreiras

PATROCINADOS

POSTAGEMS

Arquivo do blog