SÃO DESIDÉRIO: DIA DA MULHER É CELEBRADO COM PROGRAMAÇÃO ESPECIAL PELO CRAS E CREA







Música, poesia, dança, rodas de conversa, ensaio fotográfico e oficina de turbantes marcam as homenagens ao Dia Internacional da Mulher, comemorado em 08 de março. A programação de três dias, teve início na tarde desta quarta, 08, e segue até a sexta 10, promovida pela Secretaria Municipal de Assistência Social por meio do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

O prefeito Zé Carlos esteve presente na abertura das comemorações. “Um dia só é muito pouco, todos os dias são das mulheres, essas guerreiras que são tão dedicadas. Aqui no CRAS e CREAS vamos fazer um trabalho diferenciado de valorização do público atendido no Tangará, Alto Cristo e Vila do Padre”, destacou o prefeito que ainda completou. “Para celebrar a data, o Executivo encaminhou um projeto de lei para a Câmara Legislativa pedindo a alteração do período de licença a maternidade de quatro para seis meses, para que a mulher permaneça mais tempo cuidando de seu filho em casa”.

A secretária de Assistência Social, Vandreia Mendes frisou a importância da programação preparada para atender ao público de todas as idades. “Mais do que comemorar, nós pensamos uma programação voltada para as mulheres de todas as idades, para empoderá-las, e para que possam conhecer e lutar por seus direitos. O público do CREAS são mulheres que tiveram seus direitos violados e o CRAS trabalha para que essa violação de direitos não aconteça” afirmou Vandreia.

Uma roda de conversa sobre a temática “Direitos das mulheres”, teve como mediadores o delegado Carlos Ferro, psicólogos, pedagoga e assistentes sociais. “A partir da criação da Lei Nº 11.340 as mulheres passaram a ter certas garantias como a integridade física e psicológica. Em caso de violência, seja sexual, psicológica ou física, praticada pelos companheiros, namorados ou maridos, a lei irá agir com rigor para proteger a mulher, a exemplo de medidas protetivas de urgência em que o homem é afastado do lar por uma ordem judicial representado pela ofendida, por meio do registro de um BO”, explicou o delegado.

Além da participação de usuárias que compõem o grupo de Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), mulheres da comunidade prestigiaram o evento que contou ainda com música ao vivo e poesia. “Quero parabenizar todas as mulheres do município e dizer que o lugar da mulher é onde ela quiser. Conheçam os seus direitos e lutem por eles”, disse a coordenadora do CRAS, Ana Carla Pereira. “Esses momentos de comemo- rações devem ser muito mais de luta do que simplesmente uma data comercial. Muitas vezes as mulheres ficam em casa e não têm com quem conversar. E no CRAS e CREAS tem uma equipe preparada para atendê-las, ampará-las e orientá-las", disse a coordenadora do CREAS, Maria Carolina Santos.

A programação segue na tarde de quinta com a segunda roda de conversa sobre o tema “Sou menina, sou mulher”, voltada para crianças e adolescentes, e em seguida um momento de dança com a realização de Zumba Rosa Infantil e da Zumba Rosa para mulheres jovens, adultas e idosas. “É um momento gratificante. Já faço parte dos projetos do CRAS e esses momentos nos valorizam”, disse a participante Zildete Santos. “Fiquei um tempo distante, mas agora estou retornando. Aqui me envolvo, converso, participo dos trabalhos, é bem melhor do que ficar em casa sozinha”, afirmou Cristiane dos Santos.

Para encerrar o último dia da programação, na manhã de sexta-feira a terceira roda de conversa aborda o tema “Saúde da mulher” com mediação das facilitadoras, a médica clínica-geral, Adelle Nóbrega e da enfermeira, Eliseth Barbosa. E a tarde será feita oficina de turbantes e ensaio fotográfico das participantes.



ASCOM Prefeitura Municipal de São Desidério 
Rede Sociais:

TV BARREIRAS 24 HORAS FORRO

PLAVEL PLACAS

Resultado de imagem para fotos da PLAVEL PLACAS em barreiras

PATROCINADOS

POSTAGEMS

Arquivo do blog