ABSURDO 'BONECA TRANS' É DISTRIBUÍDA PELO GOVERNO DE GOIÁS ÀS CRIANÇAS


“VOCÊ ABRE A BONECA, TEM BATOM, DÁ PARA VER, É MENINA.. MAS AÍ, VOCÊ VAI TIRAR A ROUPA DA BONECA....TEM CABIMENTO UM NEGÓCIO DESSE?”, DIZ O HOMEM NO VÍDEO

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra a indignação de um pai ao mostrar uma boneca que teria sido doada pela prefeitura do Novo Gama (GO). O brinquedo, que seria entregue a uma criança, é uma "boneca transgênero". A boneca tem batom e detalhes afeminados, mas na verdade é um boneco, com órgão sexual masculino. Em vídeo, ao mostrar a boneca, o homem aponta as características femininas. Mas quando tira a roupa, ela tem o órgão sexual masculino. A situação pode gerar confusão para as crianças. No vídeo, o homem mostra a logomarca do Governo de Goiás, tanto na embalagem quanto na roupa da boneca. “Você abre a boneca, tem batom, dá para ver, é menina.. mas aí, você vai tirar a roupa da boneca....Tem cabimento um negócio desse?”. 'Bonecos e bonecas' O Governo de Goiás gastou quase R$ 1 milhão na compra de 110 mil bonecas. Dessas, 4,6 mil foram distribuídas no Natal do ano passado. O restante, 105,4 mil, neste ano, para a região do Entorno. Cada boneca custou R$ 9 e será distribuída até este domingo (17). Segundo o governo, as bonecas não são transgêneros. “São bonecas, vestidas com roupas femininas, e bonecos, com roupas masculinas. O que acontece é que os bonecos estão com a boca rosada, assim como a maioria dos bonecos "bebês" disponíveis no mercado”, explicou. Ainda sobre a polêmica, o governo diz que a distribuição não foi cancelada, no entanto, os prefeitos à vontade para decidir pela entrega ou não dos ‘bonecos e bonecas’. Sobre a distribuição de brinquedos em ano pré-eleitoral, o governo disse que trata-se de uma tradição de ‘longos anos’

 Assista o vídeo:
REDE SOCIAIS:

TV BARREIRAS 24 HORAS FORRO

PATROCINADOS

POSTAGEMS

Arquivo do blog

Recent Posts

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.