Fevereiro 2018 ~ Jornal Barreiras 24 Horas

Vídeo impressionante: Motoboy liga para pedir socorro do teto de carro que o atropelou.


A Guarda Municipal de Jandira (GCM), cidade próxima a Osasco/SP, compartilhou, na quarta-feira, 21, em seu perfil no Facebook fotos e vídeos de uma acidente de trânsito que eles classificaram como inusitado. Em 15 de fevereiro, um motorista estava tentando fazer uma ultrapassagem quando bateu de frente com uma motocicleta, arremessando o motoboy para cima do teto do carro.

O motoqueiro foi arremessado para o teto do carro, que não parou para prestar socorro, então o homem acidentado ligou para a guarda municipal enquanto estava deitado em cima do veículo. “Ao chegar no local (a Guarda Municipal de Jandira) se deparou com um veículo FOX todo amassado na parte frontal e o mais interessante foi a vítima estar deitada na parte superior do veículo”, relatou a GCM. De acordo com as informações da GCM, o veículo continuo andando por alguns metros. Após o ocorrido, o motociclista foi socorrido por uma unidade do Samu. (F: Estadão Conteúdo)

 Assista o momento do atropelamento:

Redes:

Segurados do INSS devem comprovar que estão vivos até dia 28

Segurados do INSS devem comprovar que estão vivos até dia 28
Foto: Reprodução / Midiamax
Pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que ainda não realizaram a prova de vida devem fazer o procedimento até a próxima quarta-feira (28) para não ter o pagamento interrompido. De acordo com a Agência Brasil, a comprovação pode ser feita diretamente no banco em que o beneficiário recebe o dinheiro, mediante apresentação de documento de identidade com foto. O prazo inicialmente terminaria em 31 de dezembro de 2017, mas devido ao grande número de pessoas que não compareceu, o prazo foi estendido até 28 de fevereiro deste ano. O presidente Michel Temer (MDB), inclusive, foi um dos que não comprovou que está vivo e ficou sem receber durante dois meses a aposentadoria de procurador do Estado de São Paulo (leia aqui). Quase 32 milhões dos mais de 34 milhões de beneficiários do INSS já fizeram a comprovação de vida. Os beneficiários que não puderem ir até as agências bancárias por questões de doença ou dificuldades de locomoção podem fazer a comprovação de vida por meio de um procurador no INSS.
Redes:

Chapada: Homem é preso com material capaz de detonar mais de 2,7 mil caixas eletrônicos

Chapada: Homem é preso com material capaz de detonar mais de 2,7 mil caixas eletrônicos
Foto: Divulgação / SSP-BA
Um material com capacidade de destruir 2.760 caixas eletrônicos. Essa foi a apreensão feita por policiais militares no município de Novo Horizonte, na Chapada Diamantina. Na ação, ocorrida nesta segunda-feira (26), um homem foi preso e cerca de 750 quilos de explosivos e 9 quilômetros de fita para detonação foram apreendidos. Homens do 4º Pelotão da 29ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Seabra) fizeram o flagrante contra Nivaldo Umbuzeiro Guimarães, que dirigia a caminhonete onde o material era transportado. Aos PMs, ele disse que levava a carga para a cidade de Umburanas, cidade do Piemonte da Diamantina, mas não apresentou nenhuma nota fiscal ou autorização para fazer o transporte da carga. Na carroceria os policiais encontraram o material bélico. De acordo com o comandante da 29ª CIPM, capitão Nelson Normando Júnior, a unidade vem desenvolvendo ações para inibir ataques contra instituições financeiras. “Esta foi a maior apreensão do ano”, revelou o oficial. O acusado e o armamento foram levados para a 13ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin/Seabra)
Redes:

QUE COITADINHO!!! 'Agora eu passo a integrar a galeria dos injustiçados', diz Wagner em ato com políticos

por Ailma Teixeira

'Agora eu passo a integrar a galeria dos injustiçados', diz Wagner em ato com políticos
Foto: Reprodução / Facebook Jaques Wagner
Um grupo de políticos da Bahia se reuniu na noite dessa segunda-feira (27) em apoio ao secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE) e ex-governador Jaques Wagner (PT). O petista é alvo da Operação Cartão Vermelho, deflagrada na manhã de ontem com o cumprimento de mandados de busca e apreensão na sua residência no Corredor da Vitória, na SDE e em endereços de outros envolvidos no processo. A investigação da Polícia Federal (PF) aponta que houve superfaturamento no contrato de demolição e reconstrução da Arena Fonte Nova com a Fonte Nova Participações. "Desde 2013 que esse inquérito rola na Polícia Federal, rola na incompreensão do que é uma PPP e até hoje muita gente dos órgãos de fiscalização não sabe o que é uma Parceria Público-Privada e fica tentando achar chifre em cabeça de cavalo", criticou Wagner em discurso. Governador à época, o petista foi acusado de manter "todo o poder decisório" sobre o contrato e também de ser beneficiário de R$ 82 milhões, provenientes da negociação irregular (saiba mais aqui e aqui). Com os valores atualizados, o superfaturamento chega a R$ 450 milhões, de acordo com estimativa da PF. Eles apontam que parte desse montante foi quitado com a dívida da Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb) e outra parcela foi destinada à campanha eleitoral de 2014. “Agora eu passo a integrar a galeria dos injustiçados, dos vilipendiados”, declarou Wagner. “Meu nome, como começa a ser julgado como Plano B, assim como o nome de Haddad [Fernando, ex-prefeito de São Paulo]... No caso dele, pau. Agora comigo, a mesma coisa”, acrescentou o ex-governador, indicando um caráter político na investigação. Ele se refere ao fato de ter sido apontado como alternativa do Partido dos Trabalhadores, caso a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja impossibilitada. Quanto ao inquérito da Operação Cartão Vermelho, Wagner deve voltar a prestar esclarecimentos depois que os materiais recolhedores forem analisados. Entre os bens apreendidos pela PF estão computadores, celulares, documentos e “relógios de luxo”, que Wagner disse ter comprado na China. “Eu já estive na Polícia Federal em maio desse ano [2017] e me lembro muito claramente quando a delegada me perguntou: ‘O senhor quer depor como testemunha ou como indiciado? Porque como testemunha, o senhor não pode mentir’. Eu disse: ‘Então, me bote como testemunha. Eu não tenho nada pra mentir ou pra omitir aqui’”, relatou aos colegas. Após a apresentação do caso pela própria PF, o petista promoveu uma coletiva de imprensa com seus advogados, onde negou que tenha recebido propina (veja aqui). Horas depois, o secretário se reuniu com petistas e outros políticos coligados. Em transmissão ao vivo, exibida no Facebook do ex-governador, é possível ver a presença de nomes como o vice-governador, João Leão (PP), a deputada federal Alice Portugal (PCdoB), o presidente estadual do PT, Everaldo Anunciação, os deputados estaduais Fabíola Mansur (PSB), Pastor Sargento Isidório (Avante), o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Ângelo Coronel (PSD) e outros nomes da política baiana.
Redes:

Charge do Borega - Bahia Notícias

Redes:

Vídeos: Em Luis Eduardo Magalhães-BA funcionários são rendidos durante assalto a empresa GERMINA-Insumos Agrícolas


A empresa GERMINA-Insumos Agrícolas que fica na rua JK, bairro Jardim Paraíso, em Luis Eduardo Magalhães, foi alvo de dois criminosos por volta das 10h50 desta sexta-feira (23).

De acordo informações de um funcionário, dois indivíduos armados invadiram o local e surpreenderam em média 10 (dez) funcionários e saquearam todos.

Uma câmera de segurança registrou toda ação dos criminosos. Eles levaram uma grande quantidade de objetos das vítimas: celulares, relógios, joias e dinheiro.

Os mesmos bastante nervosos estavam com capacete na cabeça e fugiram numa moto Honda/Twister cor preta. A Polícia Militar realiza buscas pela região na tentativa de localizar os suspeitos que fugiram sentido bairro Santa Cruz/Conquista, após rastreamento.

A Polícia Militar da 85 CIPM, localizou as roupas usadas pelos indivíduos, um chip e a capa de um celular das vítimas.

Até o fechamento dessa matéria ninguém foi preso. (Blog Braga)

Assista aos vídeos abaixo:
Redes:

Barreiras: Tamanduá é achado escondido atrás de móvel em sala de universidade


Um tamanduá-mirim, também chamado tamanduá-colete ou jaleco, foi encontrado, na manhã desta quinta-feira (22), atrás do móvel de uma sala da Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob), em Barreiras.

De acordo com a universidade, o animal foi resgatado pelo Instituto do Meio Ambiente e RecursosHídricos do Estado da Bahia (Inema) e estava sem ferimentos. Ainda na manhã desta quinta-feira, ele foi devolvido ao habitat natural.

Especialistas suspeitam que o tamanduá pode ter fugido de algum animal e procurou abrigo nas dependências do campus. (G1/BA)


Redes:

Barreiras: Carreta carregada com algodão pega fogo próximo a BR-242


Um incêndio em uma carreta carregada com fardos de algodão foi controlado pelo Corpo de  Bombeiros na manhã deste sábado(24). O veículo estava estacionado ao lado de um posto de combustível, em Barreiras, quando as chamas começaram.

Conforme o Corpo de Bombeiros, o fogo atingiu parte da carga  e da estrutura do veículo, mas não houve grandes prejuízos. O motorista não estava no local quando o incidente aconteceu.

ação rápida dos bombeiros evitou que o veículo e a carga fossem completamente destruídos pelas chamas, já que o algodão é altamente inflamável. Ainda não se sabe o que teria provocado o incêndio. (F: Gazeta 5)
Redes:

Bahia: Remédio à base de maconha vai ser comprado por ordem judicial


Num caso único até agora na história da Bahia, a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Salvador publicou na terça, 20, aviso de convocação para empresas fornecedoras de medicamentos apresentarem preços para o revivid tincture – canabidiol 1000mg/30 ml.

A questão: o remédio é à base de maconha e por isso alvo de muita polêmica. No caso em apreço, a Secretaria de Saúde cumpre ordem judicial para atender o tratamento de um paciente com epilepsia grave.

Avanço travado – Isso acontece porque o medicamento é caro e fica proibitivo para o cidadão comum comprarsegundo o médico Túlio Alves, um doutor da Uneb especialista em dor que é ferrenho defensor do uso da canabis para fins medicinais, prática corriqueira nos EUA. Ele cita que a morfina, droga tida como bem mais pesada, já é usada, mas com a maconha há esse preconceito.

No Brasil, apesar de algumas decisões judiciais isoladas, é proibido o plantio mesmo para fins científicos e segundo Túlio, aí está a razão do encarecimento. Embora a Anvisa já tenha dito que nada tem contra o uso para fins científicos, diz que é uma postura ainda tímida:

– Ora, a ciência já comprovou, essa é a última novidade, que o nosso organismo tem um sistema canabinóide endógeno, com múltiplas funções. Ou seja, temos maconha no corpo. Só nos falta uma compreensão sensata. (Levi Vasconcelo – A Tarde)
Redes:

Saúde Febre amarela: as principais dúvidas sobre a doença

O mosquito 'Haemagogus leucocelaenus', que transmite a febre amarela silvestre
VEJA abriu este texto para acesso universal, inclusive de não assinantes.
Abaixo, perguntas e respostas sobre o surto de febre amarela.

Há dois tipos de febre amarela, a silvestre e a urbana. Qual é a diferença entre elas?

A silvestre é disseminada pelos mosquitos Haemagogus e Sabethes, circulantes em matas, e não em cidades. A versão urbana é transmitida pelo Aedes aegypti, o mesmo da dengue, do zika e da chikungunya. Não há registro de febre amarela urbana no Brasil desde 1942. As mortes de agora foram causadas pela versão silvestre, unicamente.

Existe a possibilidade de os mosquitos Haemagogus e Sabethes irem para a área urbana?

Não. Os mosquitos Haemagogus e Sabethes são de gêneros diferentes, mas tem comportamentos parecidos. Eles vivem em áreas de florestas densas, com vegetação abundante. Voam alto e geralmente ficam na copa das árvores. Sua fonte principal de alimentação é o sangue dos macacos que estão lá em cima. Ou seja, estão totalmente adaptados a hábitos silvestres que não vão encontrar na cidade.

Por que a versão urbana é um problema?

Porque seu potencial de disseminação é grande, na medida em que circularia nas cidades, em meio a um número muito maior de pessoas.

O macaco pode transmitir febre amarela?

Não. A febre amarela não é uma doença contagiosa, por isso sua transmissão não é feita de animal para animal, tampouco de animal para humanos nem entre humanos. A única forma de transmissão é pela picada de mosquitos infectados.

Qual é o papel de primatas na transmissão?

Primatas podem se contaminar com o vírus, exercendo também o papel de hospedeiros. Se picados, os animais transmitem o vírus para o mosquito, aumentando, assim, os riscos de propagação da doença.

Se uma pessoa que foi infectada com febre amarela em uma área silvestre estiver no centro de São Paulo e for picada por um mosquito urbano, o Aedes aegypti, esse mosquito contrai o vírus e passa a espalhar a doença?

Sim e esse seria o início do ciclo urbano da doença. A febre amarela urbana acontece justamente quando o Aedes aegypti pica uma pessoa doente e depois pica outra pessoa susceptível, transmitindo a doença. Exatamente como acontece com a dengue, zika e chikungunya. Por isso é importante que todas as pessoas que moram ou frequentam áreas de risco se vacinem.

Quem precisa tomar a vacina?

O Ministério da Saúde recomenda a vacinação em crianças a partir de 9 meses de idade (6 meses em áreas endêmicas) e pessoas que moram próximo a áreas de risco.

Onde ela está disponível?

A vacina está disponível gratuitamente em unidades básicas de saúde da rede pública. Também é possível encontrá-la em clínicas particulares, ao custo de cerca de 250 reais.

Quem não deve tomar a vacina?

Crianças com menos de 6 meses não devem tomar a vacina sob hipótese nenhuma. Mães que estão amamentando crianças nessa idade também devem evitar se imunizar. Caso seja necessária a vacinação, o ideal é ficar dez dias sem amamentar o bebê. Em crianças entre 6 e 9 meses de idade, a vacinação só deverá ser realizada mediante indicação médica. A mesma recomendação vale para gestantes. Pacientes imunodeprimidos, como pessoas em tratamento quimioterápico, radioterápico, com aids ou que tomam corticoides em doses elevadas e pessoas com alergia grave a ovo também não devem se vacinar.

Já sou vacinado. Preciso repetir a dose?

Não. Desde o início de 2017, o Brasil segue a recomendação da OMS de uma única dose. Ou seja, adultos vacinados não precisam repeti-la. Estudos científicos demonstram que apenas uma dose é suficiente para que o organismo continue com anticorpos o resto da vida.

Como funciona a vacina fracionada?

Na vacina fracionada, uma única dose de 0,5 ml será utilizada em cinco pessoas, o equivalente a 0,1 ml por pessoa.

A vacina fracionada será aplicada no país inteiro?

Não. Por enquanto a recomendação é apenas para alguns municípios dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia, regiões que não tinham recomendação para a vacina e onde a maior parte da população não está imunizada.
Os 54 municípios do Estado de São Paulo que vão fazer a vacinação fracionada da febre amarela são: Aparecida, Arapeí, Areias, Bananal, Bertioga, Caçapava, Cachoeira Paulista, Canas, Caraguatatuba, Cruzeiro, Cubatão, Cunha, Diadema, Guaratinguetá, Guarujá, Igaratá, Ilha Bela, Itanhaém, Jacareí, Jambeiro, Lagoinha, Lavrinhas, Lorena, Mauá, Mongaguá, Monteiro Lobato, Natividade da Serra, Paraibuna, Peruíbe, Pindamonhangaba, Piquete, Potim, Praia Grande, Queluz, Redenção da Serra, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Roseira, Santa Branca, Santo André, Santos, São Bento do Sapucaí, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São José do Barreiro, São José dos Campos, São Luís do Paraitinga, São Paulo, São Sebastião, São Vicente, Silveiras, Taubaté, Tremembé e Ubatuba.
Redes:

Brasil Menina de 9 anos caminha 4km para pedir ajuda após acidente em MG

Acidente envolvendo van escolar deixou 13 feridos em São João Batista do Glória, no sul de Minas Gerais - 23/02/2018
Na ultima sexta-feira (23) um acidente envolvendo uma van escolar deixou 13 feridos, sendo 12 deles crianças com idades entre 5 e 15 anos, em São João Batista do Glória, no sul de Minas Gerais. Após o capotamento do veículo, que caiu de um barranco de 15 a 20 metros de altura, uma menina de 9 anos conseguiu sair do carro e ainda caminhou 4 km para pedir ajuda. Ela está recebendo tratamento na UTI da Santa Casa da cidade de Passos (MG).
O motorista diz ter perdido o controle do veículo em uma curva, ao tentar desviar de um carro, na área rural da cidade. Segundo o Corpo de Bombeiros, a van acabou capotando e ficou presa em uma área de vegetação de difícil acesso, mesmo assim, Stephany, uma garota de apenas 9 anos, conseguiu sair do veículo, subir os 20 metros do barranco e caminhar até a pousada mais próxima, que fica a 4 km de distância. Lá, ela encontrou um médico e um bombeiro, que foram os primeiros a colaborar no resgate.
Redes:

Brasil Pesquisa: 77% dos acusados por tráfico no RJ não têm antecedentes

Polícia militar realiza operação contra traficantes de drogas na comunidade Cidade de Deus no Rio de Janeiro - 01/02/2018Pesquisa indica que a maioria dos condenados por tráfico de drogas e crimes correlatos não tem antecedentes criminais e não foram investigados (Ricardo Moraes/Reuters) REVISTA VEJA:  
Um estudo feito pela Defensoria Pública do Rio de Janeiro e pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, do Ministério da Justiça, divulgado nesta sexta-feira (23) revela que a maioria dos acusados por tráfico de drogas no Estado do Rio de Janeiro não tem antecedentes criminais (77,36%). Foram analisados 2.591 sentenças proferidas entre agosto de 2014 e janeiro de 2016 na capital e região metropolitana do Rio relacionadas aos crimes de tráfico de drogas.
A pesquisa indica que a maior parte dos réus foi presa em flagrante (82,13%) e que em 53,79% dos casos, a palavra de policiais foi a principal prova levada em conta na condenação. Em um universo de 1.979 casos, os agentes de segurança foram, em 71,14% da vezes, as únicas testemunhas — em pouco mais da metade dos casos, o acusado foi preso sozinho. O levantamento também aponta que apenas 6% das prisões é resultado de uma investigação prévia.
Segundo a pesquisa, foi possível observar que em 48,04% dos casos analisados os acusados portavam apenas uma droga. As mais comuns são a cocaína (47,25%) e a maconha (49,72%). Em poucos casos, diz o estudo, há uma análise de critérios específicos para diferenciar tráfico de drogas e porte para uso pessoal.
Redes:

Hospital Municipal Eurico Dutra recebe o projeto “Remédio Musical”

 
‘Não é sobre ter todas pessoas do mundo pra si, é sobre saber que em algum lugar alguém zela por ti’, esse foi o coro mais cantado na tarde desta quarta-feira, 21, nas alas do Hospital Municipal Eurico Dutra. Alegria e muita música são conduzidas pelo cantor barreirense José Luiz através do projeto Remédio Musical, de iniciativa de um grupo de artistas.
O trabalho voluntário acontece há três meses no hospital e tem como principal objetivo levar “alívio” através da música que também serve como terapia, capaz de transmitir amor, solidariedade, positividade e até mesmo uma recordação de uma boa história. Na ala do consultório médico, dona Márcia Souza acompanha sua mãe de 82 anos há uma semana, e ficou satisfeita com a tarde da quarta-feira mais alegre.
“Ficar aqui no hospital não é bom, mas essas músicas acalma a alma, alegrou minha tarde, é como se fosse um visita de um ente querido, a alegria é contagiante. O mundo precisa de mais amor, projetos como esses se destacam pela simples mensagem de amor que transmite”, disse emocionada.
O músico José Luiz realiza esse trabalho voluntariamente e relata que muitas mensagens de amor, respeito e solidariedade são transmitidas através das diversas músicas cantadas nos ambientes de internação e atendimento médico.
“Eu me sinto muito realizado, é um trabalho que não tem preço. Conheci esse projeto Remédio Musical através do meu amigo que também é músico em Brasília e estendi para Barreiras no Hospital Municipal Eurico Dutra, meu trabalho é feito com muito amor e tem sido assim as tardes das minhas quartas-feiras”, exclamou.
José Luiz percorre todas as alas do Hospital levando música que elevam a autoestima dos pacientes. A técnica de enfermagem Nirley Vasconcelos, trabalha há 18 anos no hospital, e acredita que a música auxilia no tratamento dos pacientes.
“Têm pacientes que chegam aqui muito tristes, as vezes com saudades de casa, da sua rotina e essas músicas tem alegrado o ambiente, ocupa a mente com boas lembranças, aguça o emocional e contribui assim para o tratamento”, disse Nirley Vasconcelos.

Redes:

Nota de esclarecimento sobre o transporte escolar


A Prefeitura de Barreiras por meio da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, esclarece que garantir melhorias no transporte escolar é prioridade desta gestão. Com esse posicionamento, vem a público esclarecer em face das notícias veiculadas nas redes sociais, que as dificuldades de alunos do ensino médio da rede pública estadual com o transporte escolar na comunidade de Boqueirão de Cirico, região rural do povoado de Barrocão de Baixo, NÃO são de competência da Administração Municipal.
A Secretaria de Educação esclarece ainda que está abrindo chamada para que as escolas da rede estadual façam o cadastro dos alunos que precisam do transporte escolar. Como o município não disponibiliza transporte escolar exclusivo para o Ensino Médio, é preciso que as demandas das escolas estaduais sejam enviadas no início de cada ano letivo, para possibilitar a organização do atendimento.
Neste sentido, a Secretaria de Educação esclarece também que em face da ausência de informação sobre onde e em que quantidade há alunos da rede estadual necessitando de transporte escolar, estará sendo agendada reunião com o Núcleo Regional de Educação - NRE 11, para tratar da chamada para cadastramento dos alunos.
Contudo nas localidades onde não há linha implantada do transporte escolar, não será possível atender os alunos da rede estadual, uma vez que as rotas são definidas de um ano para outro.

Secretária Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer
Prefeitura de Barreiras, Capital do Oeste.
Redes:

Programa Fitossanitário intensifica apoio técnico a produtores no combate a pragas do algodão plantado na Bahia


Com a chegada da data limite para a semeadura do algodão, agora é a vez dos produtores se preocuparem com o combate às pragas como os nematóides e o bicudo do algodoeiro. Para orientar sobre a melhor forma de combate no campo, os técnicos do Programa Fitossanitário da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) estão promovendo reuniões com apoio técnico aos agricultores dos 18 núcleos agrícolas do oeste e sudoeste baianos. Na última quinta-feira (8), foi realizada uma segunda rodada de reunião para os agricultores da região agrícola das Placas, em Barreiras; na quarta (7), no Novo Paraná, em Luís Eduardo Magalhães, e na terça (6) no Núcleo Ceolin, na região da Roda Velha, em São Desidério. Nesta fase, os técnicos também monitoram a incidência das pragas e doenças e vem orientando na tomada de decisões para o uso controlado de defensivos nas lavouras.
Na segunda-feira (5), os técnicos do programa participaram juntamente com gerentes, agrônomos das fazendas e agricultores da reunião para a 2ª fase do Diagnóstico e Manejo de Fitonematóides, espécie que apresenta maiores riscos de perdas para o cultivo do algodoeiro. O encontro contou com a expertise do pesquisador Dr. Fabiano Perina, da Embrapa – Fundação Bahia. O coordenador do programa fitossanitário da Abapa, Antônio Carlos Araújo, explica que, com o algodão plantado no campo, as equipes retornam para uma segunda rodada de reuniões nos núcleos agrícolas. “Já fizemos o primeiro monitoramento durante o vazio sanitário, de setembro a novembro, quando instalamos as armadilhas em todas as linhas dos 18 núcleos das regiões oeste e sudoeste baianos.  O objetivo é garantir um indicador para controle das pragas e evitar a redução da produtividade e danos econômicos aos produtores”, explica.
Com a colaboração dos produtores, a equipe técnica do Programa Fitossanitário vem acompanhando a destruição dos restos de cultura de algodão, também conhecidas como tigüeras, nas margens das rodovias e estradas vicinais. “Existe um compromisso firmado entres os produtores nos núcleos que se responsabilizam pelos perímetros nas suas linhas, onde são erradicadas as tigueras do algodão e também da soja, medida que vem sendo essencial para o combate às pragas nestas culturas”, afirma. Na safra passada, foram mais de três mil quilômetros de dessecações de restos de culturas de algodão nas margens das rodovias.

No ano passado, somente nas áreas produtivas de algodão do oeste da Bahia, foram realizadas 668 visitas nas 181 propriedades de algodão e áreas de rotação, para as 74 algodoeiras foram 68 visitas. Já a região sudoeste do Estado recebeu 618 visitas nas 583 propriedades, a maioria de pequenos produtores. Financiado pelo Instituto Brasileiro do Algodão (IBA) e Fundeagro, o Programa Fitossanitário da Abapa oferece apoio operacional e logístico aos projetos de pesquisas de instituições como Universidade de São Paulo (Usp – Esalq), Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Embrapa, Aiba, Fundação Bahia empresas do agronegócio e produtores de algodão associados da Abapa.

Assessoria de Imprensa Abapa – 15/02/2018
Redes:

Barreiras: Motociclista morre após colisão frontal entre moto e carro na BR 020/242


Da redação JornalNF | Fotos divulgação redes sociais
Um homem, de identidade não fornecida, morreu em um grave acidente ocorrido por volta das 06h30 de hoje, 23, após a moto em que estava colidir frontalmente contra um veículo que vinha em sentido contrário. O acidente aconteceu na rodovia BR 020/242, proximidades da entrada para a comunidade do Rio de Pedras, zona rural de Barreiras, Oeste da Bahia.
De acordo com informações policiais, o motociclista seguia sentido Barreiras, quando forçou uma ultrapassagem em uma carreta e colidiu com um Ford EcoSport que tinha saído da cidade de Barra, no Médio São Francisco.
Bastante abalado, o condutor do carro de passeio permaneceu no local até a chegada da polícia. Ele informou aos policiais que ainda tentou evitar a colisão.
A violência da batida fão tão forte que a motocicleta pegou fogo logo após a colisão. O condutor da moto apresentava diversas fraturas após bater contra o para-brisa do veículo.
A Polícia técnica realizou a perícia e removeu o corpo para o Instituto Médico Legal do Distrito Integrado se Segurança Pública em Barreiras.


Redes:

ALÔ SÃO DESIDÉRIO!!! A LOCOMOTIVA ESTA VOLTANDO

COM CARINHO TIO MARÍO

PLAVEL PLACAS EM BARREIRAS

Resultado de imagem para fotos da plavel placas em barreiras

TV BARREIRAS 24 HORAS

PATROCINADOS

Anuncio!

 http://www.templateparablogspot.com/

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog